sexta-feira, 23 de setembro de 2016

PARADOXOS NOTURNOS

"Hoje eu não consigo mais me lembrar
De quantas janelas me atirei
E quanto rastro de incompreensão
Eu já deixei
Tantos bons quanto maus motivos
Tantas vezes desilusão
Quase nunca a vida é um balão"



Foto: http://wp.clicrbs.com.br/ooolaemcasa/files/2011/11/RicardoJaeger.jpg



2 comentários:

  1. Defenestrar-se pelo inconsciente, e torcer para estar no térreo.

    Abraços,
    Fabiano Favretto

    ResponderExcluir