segunda-feira, 19 de junho de 2017

ESTÚPIDAS PROVOCAÇÕES

Disse que faria e fiz. Contra a acusação de que não vou à praia e não prestigio a bacanagem dos eventos típicos do nosso país tropical, ou ainda, que não balanço a minha bunda aos finais de semana nas festas de família provenientes de acusações levianas que consistem em inverdades originárias de uma inferência equivocada por parte do meu caro amigo JB do adorável recanto da Solidão Ampliada "Blogson Crusoé" aí vai minha defesa, ou melhor, meu contra-ataque, um pagodão de respeito da época em que se permitia ao cara ser um bom canalha de uma boa dona, sem frescuras e de um bebedor e intérprete de primeira - não sei se na ordem correta e/ou justa - ao estilo carne queimada, descolorante na pele e cloro no cabelo. Que intelectual é a ...


2 comentários:

  1. Adorei o "pagodão", adorei o "adorável" (fiquei até corado - talvez de sol, não importa), mas adorei principalmente as reticências. Muito legal!

    ResponderExcluir