quarta-feira, 7 de junho de 2017

Predatismo

Fecho os olhos e penso no gosto de todas as coisas. Bolo de chocolate e beijo com batom retocado. Quantos sentimentos podem ter sabor ruim? É uma constante meditar sobre o descaso do necessário. Uma constante pesarosa e um desastre.
- Vês? Como terminam e começam as coisas. São as rugas ou a falta delas que revelam o falso sorriso encrustado num rosto, são elas que denunciam a aguçada curiosidade resguardada ou perdida no olhar. É apenas mais um blefe malquisto pelo jogador.
Questiono-me o que tanto ruminam esses teus dentes sujos que fazem justa causa a minha etérea cara de paisagem. Animal noturno não sabes que é o teu pesado rondar que não me deixa dormir? És sempre tu quem mastigas o fruto da minha imaginação. Ainda sim. 


"O que sempre desejamos
Nunca o que merecemos"

2 comentários:

  1. Esse amor EROS,o grande mal encrustrado,entranhado,no cerne,da humanidade. Antes fosse FILIA...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É preciso muito cuidado com o que se deseja.

      Excluir