sexta-feira, 29 de dezembro de 2017

Dos males sempre o maior - a primeira a chegar, a última a morrer

Quantas vidas é possível perder
Antes de poder viver alguma vez?



Sim
e você conhece
(me conhece)
toda a verdade
(a minha verdade)
você sabe
você sabe
sobre a linha de chegada
que brincamos de apagar

você pisa em falso
(joelhos frágeis)
e eu sorrio o vazio dos dentes de leite pra você

quando eu sou criança
e você velho
eu sou você

sabendo de um tudo
sem saber fazer nada

somos assim.


4 comentários:

  1. gostei do vazio dos dentes de leite e dos joelhos frágeis, talvez cariados.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também gosto dessa imagem, esse trocadilho que a vida faz com a infância e a velhice.

      Excluir
  2. Com a infância e com a velhice? Antes fosse, só...
    Pior : com os velhos e com os jovens!

    ResponderExcluir
  3. Esses versos são seus? Gostei muito mesmo. Meus joelhos são frágeis e eu estou cansado de pisar em falso. (creio que a minha vida foi um eterno pisar em falso).

    ResponderExcluir